Mario

Mario, também conhecido como Super Mario, é um personagem fictício em sua própria série de videogames, criado pelo designer de jogos japonês Shigeru Miyamoto. Mario é o mascote oficial da Nintendo, e o protagonista principal da sua própria série de jogos, tendo a sua aparição em mais de 80 jogos desde a sua criação. Embora, inicialmente, apenas aparecendo em jogos de plataforma, começando em Donkey Kong, Mario aparece atualmente em gêneros variados de videogames, tais como corrida, quebra-cabeça, RPG, luta e esporte.

Mario é retratado como um encanador baixo, que vive no Reino dos Cogumelos (Mushroom Kingdom). Ele tem a missão de resgatar a Princesa Peach capturada pelo seu inimigo Bowser em seus diversos planos e salvar o Reino dos Cogumelos. Mario também tem outros inimigos e rivais, como Donkey Kong (em poucos jogos) e Wario. Desde 1995, Mario é dublado por Charles Martinet.

Como mascote da Nintendo, Mario é um dos personagens mais famosos da história dos videogames e a sua imagem está sempre associada com seus jogos. Até os dias de hoje, os jogos estrelados pelo personagem já venderam mais de 210 milhões de unidades no mundo inteiro. Devido à sua fama, ele também inspirou programas de televisão, cinema, quadrinhos e uma linha de produtos licenciados.

Chegada ao reino

Uma vez Mario e Luigi foram consertar um cano de uma mulher, até que eles foram sugados para o reino cogumelo e conheceram a princesa Peach, agora a missão dos dois é proteger a princesa do temível Bowser.

Criação

Em 1981, Ikegami Tsushinki estava desenvolvendo, a serviço da Nintendo, o jogo Popeye jogo eletrônico. O jogo foi escrito, mas logo depois a Nintendo perdeu os direitos do personagem Popeye. Shigeru Miyamoto foi então solicitado para projetar um novo jogo baseado em suas próprias ideias. O resultado foi Donkey Kong, estrelando um personagem substituto de Popeye chamado “Jumpman” (que basicamente pulava de nível em nível, daí o nome) que tentava resgatar a namorada Pauline (substituta de Olívia) do gorila Donkey Kong (substituto de Brutus). Mais tarde, alguém da Nintendo notou que Jumpman tinha uma impressionante semelhança com Mario Segalli, o senhorio italiano do escritório da Nintendo em Nova York. Foi o que levou a se alterar o nome Jumpman para “Mario”. O próximo jogo de Miyamoto, Donkey Kong Jr., estreou o nome “Mario”. Este jogo também é o único a trazer Mario como um vilão (o filho de Donkey Kong o caçava). Originalmente um carpinteiro, Mario logo passou a ser considerado um encanador (pelas tubulações do jogo Mario Bros.) e depois herói (pelos jogos Super Mario Bros. 1, 2 e 3). É digno de nota que Mario tem semelhança incrível com Hercules, um personagem encanador de desenhos animados dos estúdios Walter Lantz, mas que só apareceu em dois desenhos até hoje: Plumber of Seville e Goofy Gardener, ambos de 1957.

Aparência

Na época, era complicado conceber sprites de animação para o cabelo de Mario. Além disso, Shigeru Miyamoto assumiu, em entrevista, que acha ‘desenhar cabelos’ muito difícil. Devido à quantia limitada de pixels loteada pelo personagem, Mario tem um grande nariz e um bigode porque não havia recursos de console para fazer a boca do personagem se mexer enquanto falava, então pôs um narigão e um bigode para esconder a boca. As aparências de Mario foram mudando conforme cada jogo da série era lançado para os consoles de videogame da Nintendo, como por exemplo no título Super Mario World, no qual Mario foi desenhado mais corretamente (devido a uma maior quantidade de pixels) com carateristicas físicas ainda iguais as de seu irmão, Luigi.

Para se ver os movimentos dos braços do Mario, seus braços precisavam ser de uma cor diferente de seu corpo. Miyamoto deu ao Mario um macacão vermelho e uma camiseta azul para resolver este problema. Mario tinha a camiseta azul e macacão vermelho em Donkey Kong e Donkey Kong Jr.. As cores foram trocadas para camiseta vermelha e macacão azul em Super Mario Bros. 3. Quando Super Mario Bros. foi lançado para o NES, Mario tinha seus macacões vermelhos originais, mas sua camisa era de uma cor castanha. Só em Super Mario Bros. 3 que Mario voltou a usar seu conjunto secundário de camisa vermelha e macacões azuis, e esse esquema de cores não se alterou desde então. No console Wii, este famoso macacão ganhou uma textura que o fez ter um ar de manufaturado.

Baby Mario e Baby Luigi

Baby Mario, como o nome indica, é a versão bebê de Mario. Apesar de aparecer junto com sua versão mais velha em títulos de esporte da Nintendo como Mario TennisMario GolfMario Superstar BaseballMario Kart: Double Dash!! e Mario Kart Wii, é geralmente aceitável que estes jogos estão fora do conceito da linha do tempo da realidade onde se passam as aventuras dos irmãos Mario, de modo que Mario e Baby Mario não são personagens distintos.

Ele apareceu a primeira vez em Super Mario World 2: Yoshi’s Island que contava o começo da história do Mario e Luigi desde que eles eram bebês. Neste jogo, com a ajuda dos Yoshis, Baby Mario deve salvar Baby Luigi (a versão bebê de Luigi) de Kamek The Magikoopa que é aliado de Baby Bowser (versão bebê de Bowser).

No jogo Mario & Luigi: Partner in Time, para o console DS (continuação de Mario & Luigi SuperStar Saga, para o console GBA, e cuja continuação foi Mario & Luigi: Bowser’s Inside History), Mario e Luigi voltam no tempo para salvar a Princesa Peach e recebem ajuda deles próprios, como bebês.

Publicado em 23/08/2011, em Outros Posts. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s